Reflexão #1 – Mediunidade é maravilhosa

A partir de agora, deixarei aqui no blog de segunda à sexta uma pequena gravação em áudio que envio aos grupos de WhatsApp em que participo, especialmente focada no tema da mediunidade. Essas gravações ocorrem ao ar livre, no campo, então há presença de ruídos, embora o som esteja bom.

Caso queira fazer download em seu celular ou computador, clique aqui.

Falando de mediunidade com crianças

Muitos grupos espíritas nas tarefas de Evangelização deixam de lado as questões “técnicas” do Espiritismo. Entendem que assuntos mais profundos, como mediunidade, obsessão, reencarnação, são muito pesados para crianças… Que o melhor é falar do Evangelho e deixar para que, mais tarde, elas possam aprender.

Entretanto, o tempo frequentemente passa e, se ninguém lhes ensina, elas não aprendem. Crescem sem saber e quando se tornam adultas, dificilmente se interessam. Se ninguém lhes instiga ao estudo, elas provavelmente não farão por si mesmas. E isso tem gerado em todo o Movimento uma espécie de analfabetismo espírita funcional, ou seja, espíritas que não conhecem a doutrina.

Claro, há exceções. O problema é que não devemos contar com as exceções. Devemos, sim, juntamente com o estudo da moral espírita, alicerçada nos Evangelhos, também ensinar os pontos fundamentais do Espiritismo, até mesmo para que cresçam conhecendo a doutrina que professam e não deixando para descobri-la somente na vida adulta.

Vejam que interessante esse vídeo e leia aqui toda a experiência do grupo.

Espírito Crítico #4 – Sou médium, e daí?

Capa004

Neste quarto podcast, abordo um dos temas mais comuns nas redes sociais: O que fazer com a mediunidade? Se você é médium ou tem interesse no assunto, ouça e descubra!

Caso queira fazer download deste arquivo .mp3, clique aqui com o botão direito do mouse e escolha “salvar arquivo como”.

Assine nosso feed:  http://feeds.feedburner.com/estudoespirita/podcasts

Email: estudoespirita.org@gmail.com

 Música de fundo: Hot Heat | Topher Mohr and Alex Elena, disponível, em:https://www.youtube.com/audiolibrary

Mediunidade é sinal de evolução espiritual?

Esta é uma dúvida muito comum entre os iniciantes. Estes, normalmente, imaginam a mediunidade como uma espécie de poder especial dado a algumas pessoas por serem espíritos muito adiantados para cumprirem suas missões. Contudo, será isso mesmo?

Em O Evangelho Segundo o Espiritismo, lemos:

“Há quem se admire de que, por vezes, a mediunidade seja concedida a pessoas indignas, capazes de a usarem mal. Parece, dizem, que tão preciosa faculdade deveria ser atributo exclusivo dos de maior merecimento”.

(…)

“Digamos, antes de tudo, que a mediunidade é inerente a uma disposição orgânica, de que qualquer homem pode ser dotado, como da de ver, de ouvir, de falar”.

(…)

“Se só aos mais dignos fosse concedida a faculdade de comunicar com os Espíritos, quem ousaria pretendê-la? Onde, ao demais, o limite entre a dignidade e a indignidade? A mediunidade é conferida sem distinção, a fim de que os Espíritos possam trazer a luz a todas as camadas, a todas as classes da sociedade, ao pobre como ao rico; aos retos, para os fortificar no bem, aos viciosos para os corrigir”.

Portanto, a mediunidade se manifesta tanto em pessoas boas quanto ruins. Logo, não é sinal de evolução espiritual.

Para compreender melhor esse processo, leia:

O Evangelho Segundo o Espiritismo – Não são os que gozam saúde que precisam de médico – item 12.