Não importa?

Nos últimos tempos, tenho visto com frequência, nos debates espíritas, uma frase que me causa muita alergia: isso não importa! Parece haver uma tendência, um tanto quanto estranha, de utilitarismo no movimento espírita: Aqueles conhecimentos sem aplicabilidade prática terminam por ser marginalizados, tidos como sem muita relevância.

Esse processo, mesmo sem querer, desqualifica o trabalho de vidas inteiras… Tenho a impressão que, pela facilidade com que encontramos informações, terminamos por perder a noção do quanto é difícil produzir um determinado conhecimento, seja de que natureza for. Tenho a impressão de que a informação está tão banalizada que perdemos o entusiasmo por aprender algo novo, especialmente, se esse algo não for rentável, visível, palpável, prático…

Para estas pessoas, eu gostaria de sugerir o documentário número 11 da série Cosmos, chamado: A persistência da memória. Este é um incrível documentário sobre a produção do conhecimento e como ele foi difundido através das gerações.

“Um livro é a prova de que os homens são capazes de fazer magia”. Carl Sagan