Analfabetismo Funcional no Espiritismo

Apesar de entender que a FEB foi uma das que mais contribuíram para o “analfabetismo funcional no Espiritismo”, surpreendi-me com a divulgação deste texto, crítico, o que não é comum em seus veículos. Parabenizo a FEB por essa iniciativa… Que venham outras!

“Essa situação ou estado advém, principalmente, do desconhecimento das obras básicas codificadas por Allan Kardec e também pelas interpretações apressadas e equivocadas dos ensinos dos Espíritos reveladores e da sábia organização kardequiana sobre a obra basilar espírita e suas subsidiárias.

Os males que esse estado peculiar de analfabetismo pode provocar são avassaladores, dentre os quais, destacam-se:

– desconhecimento dos princípios básicos do Espiritismo;
– interpretações equivocadas dos ensinos espíritas;
– confusão entre o que é e o que não é Doutrina Espírita;
– inclusão de práticas esdrúxulas na Casa espírita;
– publicação de livros e periódicos, ditos espíritas, com inserção de conteúdos alheios e contrários ao Espiritismo.

Como evitar o “analfabetismo funcional no Espiritismo”?

Continue lendo…