Cada um com sua missão

Áudio

Recentemente conheci uma música Brasileira belíssima e que me soa um perfeito hino de espiritualidade livre, chamada: Gratidão, por Marie Gabrielle e Nicole Salmi, há um trecho da música que gostaria de destacar:

“Não há melhor, não há grande nem pequeno. 
O que há é muito o que trabalhar.
Cada um fazendo o seu direito, 

só alegria e belezas vão brotar”.

Ao visitar um terreiro de Umbanda, recorde-se desse trecho… Lembre-se que as diversas vertentes e formas de trabalho são ângulos e pontos-de-vistas e que cada uma, desde que respeite a ética e moral religiosa, fazem seu trabalho, dentro daquilo que lhes cabe, pouco importando se há atabaques, se o terreiro é grande, pequeno, muito decorado, pouco decorado, se trabalha com a esquerda, se não trabalha, etc.

Cada um fazendo a sua parte, sem dúvida, só belezas vão brotar!

 

 

Ao longo dos anos, percebemos que responder aos contraditores, quase sempre munidos de paixão pessoal, nos custava tempo e energia que poderiam ser aplicados em algo mais útil. Por essa razão, não respondemos ataques. Ofensas serão deletadas.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s