QUARESMA: QUANDO ABREM OS PORTÕES DO UMBRAL

Padrão

gatesAo contrário do que muitos pensam, a quaresma não é uma data importante apenas para a Igreja Católica. Outras comunidades Cristãs, como: Calvinistas, Luteranas, Anglicanas, Ortodoxas, também a adotam, conforme seus preceitos.

Curiosamente, não se trata apenas de um período de purgação espiritual simbolizado nos 40 dias em que Jesus passou no desertou ou Moisés no monte Sinai. Trata-se de um período com fortes implicações espirituais, cuja tradição remonta, pelo menos, 1600 anos.

Asseguram-nos os espíritos que, neste período, há uma profunda agitação na atmosfera Umbralina, o que faz com que muitos espíritos consigam vir à superfície da Terra com muita facilidade.

Embora existam espíritos responsáveis por vigiar os “canais de saída”, nesse período, a agitação é tão grande que, mesmo eles, não conseguem impedir a passagem dessas entidades. É quando uma imensa quantidade de espíritos sofredores e perturbadores ganham livre acesso ao mundo dos homens.

O que se passa, então, é um verdadeiro caos: cada um segue por conta do seu interesse. Alguns, viciados, correrão para saciarem-se; outros, perturbados, buscarão seus familiares; alguns, vingativos, o que tanto anseiam e por aí vai.

Com tantas entidades perturbadoras perambulando livremente, a chance de cairmos em sentimentos nocivos que nos farão mal é muito grande. Desavenças são acirradas. Vinganças são alimentadas. Ódios são cultivados. É preciso ter muita firmeza de cabeça.

Nesse período, mais do que qualquer outro do ano, temos que ter cuidado redobrado com nossos pensamentos e sentimentos, pois com imensa facilidade, poderemos ser alvo das investidas inferiores. Orai e Vigiai, em dobro… Em triplo!

É provável, contudo, que a maior parte das pessoas não perceba todo esse perigo. Entretanto, os médiuns percebem, com facilidade.

As próximas três quaresmas, até o ano de 2019, serão intensamente mais fortes que as anteriores. São os momentos finais, agônicos, de uma sociedade, encarnada e desencarnada, prestes a se renovar ou se atrasar, conforme as escolhas feitas.

***

Muitas casas de Umbanda fecham as portas, com receio das perturbações que essas entidades causam. Entretanto, a recomendação é justamente inversa. Este é um período de intenso trabalho, de redobrada caridade e auxílio aos encarnados e desencarnados. Nenhuma casa deve fechar as portas.

Vamos todos concentrar nossos esforços no bem, na caridade, no amor ao próximo. Refugiarmos na oração e na vigília constante de nossos pensamentos e atos e nada teremos a temer.

»

  1. Olá, tudo bem? Em minha minúscula opinião, essa questão é bem controversa, uma vez que essa perspectiva de umbral aberto parece que afeta basicamente o Brasil, especialmente a partir do sincretismo afrobrasileiro, que tem toda a mitologia que os orixás não estão atuando nesse período e que os eguns estão à solta, porque mesmo para os católicos tradicionais não há significação relacionada a espíritos, mas somente a questão que Jesus passou 40 dias meditando e orando, e Moisés estava no monte Sinai. Será, por exemplo, que no Japão e outros países que não são influenciados pelo cristianismo há esse tipo de situação espiritual? Grato pela atenção!

    • Oi, Bruno. Quando nós falamos em Umbral, nós nos referimos a uma esfera espiritual. Nós não falamos em “Umbral Brasileiro” ou “Umbral Japonês”. Então, nessa esfera, que é tão vasta como o próprio planeta, onde se abre uma porta, abrem-se todas. Contudo, pelo que pude entender da conversa com os espíritos, o carnaval é a porta de entrada, mas esse período chegaria de qualquer forma em decorrência de centenas de anos de restrições e medos em relação a esta data.. Mas, de fato, não está tudo esclarecido. Esse meu texto é um primeiro passo, cabe a cada um que tem possibilidades de conversar com os guias, procurar se informar mais.

      • Vale esclarecer, que os espíritos estão a solta no período de carnaval, está festa iniciou-se quando da prisão de Jesus.. No período da Quaresma, eles são recolhidos pois começa o período de purificação, onde Jesus morreu na cruz, expiando todos os pecados. Por está razão diminui a tentação as pessoas.

  2. Gostei muito do texto, mas ficou uma duvida.
    Pq essa agitação acontece nessa época? Sendo já prevista essa situação, então essa escapulida dos espíritos umbralinos é consentida. Trata-se de uma situação proveitosa no sentido da evolução de todos nós?

    • Oi, Pri. Eu penso que seja uma relação de causa e efeito. Veja, em finados, por exemplo, é comum grandes falanges de espíritos virem à Terra para matar a saudade… Um costume humano que causa um efeito no plano espiritual. Penso que seja por aí também em relação à quaresma.

  3. Ótimo texto, parece que foi escrito pra mim… Muito interessante, já sei então a provável fonte de estar sentindo tanta tristeza… Orai e vigiai, esse é o caminho. Obrigada pelo texto e que Deus abençoe a todos nós.

  4. SE TODOS AGISSEM COM ESTE B0M-SENSO, MUITAS DESGRAÇAS SERIAM ELIMINADAS NO NASCEDOURO. AMO ESSAS INFORMAÇÕES SOBRE O MUNDO ESPIRITUAL. SOU ADEPTA DESSA DOUTRINA PQ VEJO EM CADA RESPOSTA ÀS NOSSAS DÚVIDAS, MUITA LÓGICA Q NOS FAZEM REFLETIR E ENCONTRAR O ALÍVIO AOS NOSSOS CONFLITOS.

  5. Realmente os tempos são chegados. A cada um de acordo com as suas obras. O senhor vira para nós julgar. Se ficaremos aqui ou se iremos para outro planeta.A nois só nos resta aguardar.amem.

  6. É um período em que podemos ter contato com parentes ou amigos que desejem nos passar alguma informação, que podem vir através de sonhos ou intuições. Por isso orai e vigiai sempre, mas sem temor, caso lembre ou sonhe ou sinta a energia de alguém que foi próximo,devemos dirigir, com muita fé, uma oração para esse irmão querido.
    Axé, pra todos.

  7. Bom dia! Bem já faz uns anos que comecei a ler o evagelio num centro espírita perto da minha casa. Apesar que sempre ouvi mas nunca escutei de verdade. Fiz um curso logo assim que entrei nesse centro, pois não fui por amor foi pela dor! Mas vinha sendo amparada sem perceber. Só quando fui acordada pela dor de mãe que se fez de forte ao perder seu filho que acabei um dia acordando e vendo que não é só eu que sofro com perdas, tem pessoas com perdas muito maiores e continuam mesmo abaladas a sua missão de levar um conforto a quem precisa. Há algum tempo eu larguei poid não me senti forte e nem preparada para ficar em uma preparação à mesa de um medim….tive que me segurar muito para ter controle e sai na primeira e não quis voltar mas! Dizem alguns que gostariam de fazê-lo. Mas eu digo que é muito penoso e tem que ter muita preparação de mente junto ao espírito para poder seguir o seu caminho. Lá não é brincadeira, é uma responsabilidade enorme, com vc e para com todos nesse plano e no outro. Mas infelizmente sai, mas sempre leio e as vezes vou lá, apesar de várias mudanças serem necessárias e eu ainda não estou preparada para mudanças. E aí vem uma pergunta! Como faço para conseguir com muita cautela ouvir e lembrar o que tanto os espíritos querem que eu ajude ou possa passar a msg dele? Fico muito aflita
    aflita, pois está cada vez mas frequente essa sensação de saber o que está por vir mas tem algo que bloqueia para que eu não faça ou fale. O engraçado que é assim vejo uma pessoa e naquele momento digo sonhei com vc essa noite, aí lembro do sonho que tive e falo e as vezes digo que sonhei mas não lembro e quando lembro não consigo mas contar! E muitas das vezes dei o que vai acontecer e prefiro não falar. Está certo isso? Pq quando falo ninguém acredita. E uma das coisas que aconteceu comigo foi até uma pequena mas chata, a opinião sobre uma sobrinha, ficar ou não em Petrolina onde reside agora. Bi que lá tem um número maior de espíritos desencarnados que estão perdidos. E que minha sobrinha tinha que vir para cá para o Rio fe Janeiro de volta. A irmã disse que não pois ela tem que terminar a faculdade lá. Conclusão ela tem depressão e tentou o suicídio e depois foi à casa do ex marido e teve que chamar a Polícia! Conclusão ela saiu de lá algemada pq foi agredir um policial. Agora pergunto apesar desse período que estamos passando da quaresma com toda a turbulência, ainda vamos passar por mas. E aí minha sobrinha à quem me enviou esse link,eu já não sei mas o que fazer apesar de pedir muito que os guias me iluminem para eu cobseguir ajudar e ser auxiliada para ter forças. Pois o meu maior inimigo está dentro da minha casa e minha família está sendo afetada e nem mesmo eu edtou conseguindo entender tantas coisas que estão ao mesmo tempo acontecendo! O que eu falo agora nesse período de maior concentração? Tenho uma neta que as vezes vejo nela minha força assim como via a minha mãe! E o pior ela faz lembrar de mas a minha mãe desde que nasceu. Que se faça a paz e harmonia em todo canto do mundo nesse e outros planos….

    • São vários assuntos, então, vamos devagar.

      1 – A mediunidade é uma ferramenta de trabalho e todo aquele que a possui deve, por isso mesmo, fazer algo de útil com ela. De nada adianta ver, sonhar, sentir, etc. Se isso não é usado em favor do próximo. A mediunidade é um compromisso estabelecido antes da encarnação, por isso, quando se manifesta numa pessoa, não é por acaso: ela mesma pediu esse dom a fim de pagar suas dívidas;

      2 – A maioria dos médiuns fraqueja quando vai começar. Arrumam um monte de desculpas, algumas reais, outras, imaginárias e ficam empurrando com a barriga o compromisso que devia sera bússola norteadora da vida dele, afinal, quem nasce com a mediunidade já tem claramente definido o que deve fazer: trabalhar. É claro que as vezes o sofrimento chega, como na perda de um filho e isso bagunça tudo. Mas, tão logo passe a tempestade, deve o médium se organizar, sacudir a poeira das sandálias e seguir novamente o seu caminho de trabalho.

      3 – Em relação ao caso da sua sobrinha, é necessário entender que cada um nessa terra carrega sua cruz e vai semeando pelo caminho. Quando encontramos uma família de pernas pro ar, não há dúvida: essa família plantou vento, colhe agora tempestade. Lei de causa e efeito. O que fazer? Orar, com fé, e trabalhar muito, levando esclarecimento e paz a partir do próprio comportamento e da própria vivência. Em resumo: ser aquilo que gostaria de ver na família e ter muita paciência para que tudo se ajeite à medida do esforço de todos.

      Abraço.

  8. Puxa.. obrigada pela explicacao.
    Meu filho de 4 anos tem sentido muito medo na hr de dormir.. e começou jutamente nesse periodo do feriado.. sem.nenunha razão obviaa!!! Talvez isso explique alguma coisa. Vou orar bastante!!!

  9. Olá.Uma amiga já tinha postado esse texto no face e eu tinha questionado justamente sobre a autoria pois queria tirar uma dúvida.
    Por que as próximas 3 quaresmas até 2019 serão mais intensas? Foi lhe justificado?
    O terreiro que frequento infelizmente fecha nesse período e não consigo argumentar com a mãe já idosa que é resistente ao manter essa conduta porém sem conseguir fundamentar o porque 😦

    • Olá, dá uma olhadinha na página inicial do blog que eu escrevi um pequeno texto sobre a quaresma e a Umbanda. Veja também no menu superior sobre 2019. Abraço.

Ao longo dos anos, percebemos que responder aos contraditores, quase sempre munidos de paixão pessoal, nos custava tempo e energia que poderiam ser aplicados em algo mais útil. Por essa razão, não respondemos ataques. Ofensas serão deletadas.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s