Comer carne é sinal de atraso espiritual?

Mito.

Em O Livro dos Espíritos, questão 723, disseram os espíritos:

“Dada a vossa constituição física, a carne alimenta a carne, do contrário o homem perece. A lei de conservação lhe prescreve, como um dever, que mantenha suas forças e sua saúde, para cumprir a lei do trabalho. Ele, pois, tem que se alimentar conforme o reclame a sua organização.”

Ao longo dos anos, tenho visto, por parte dos defensores dos animais espíritas, as mais esdrúxulas interpretações desta resposta, com variações que chegam quase a beirar o delírio… Contudo, a resposta é bastante clara para permitir dúvida, certo?

O que vou escrever daqui adiante não é uma opinião espírita, é minha opinião. Como não tenho conhecimentos profundos no tema, nem quero fazer ativismo pró ou contra, vou apenas indicar os links no próprio texto deixando que cada um aprecie a seu modo.

Todo esse horror ao consumo de carne, penso, existe apenas para negar uma simples verdade da vida: a morte é essencial à sobrevivência! 

Toda forma de vida neste planeta compete para sobreviver em busca dos recursos que precisa, isso permite também a formação de alianças no reino animal. Isso é uma lei da natureza. Entretanto, é comum – e eu já passei por isso – ao estudarmos o Espiritismo desenvolvamos uma maior compaixão pelos animais e, por consequência, uma maior culpa ao consumi-los, especialmente quando nos conscientizamos dos absurdos e abusos que a indústria alimentícia faz em busca de lucro.

Para mim, portanto, essa culpa é simplesmente um condicionamento cultural que nos faz ver a vida como um algodão doce cor de rosa. Quantas vezes vi a reação de asco das pessoas ao assistirem um programa sobre vida selvagem e, segundo antes, admirarem a beleza de um leão e depois se contorcerem ao vê-lo abater uma presa? É essa realidade negada que nos faz ter culpa.

Nos últimos dias, alguém me adicionou a um grupo de facebook sobre dieta paleo e low-carb. Eu nunca tinha ouvido falar sobre isso nem feito qualquer dieta. Curioso, entretanto, li seu conteúdo e, para minha surpresa, tudo que tenho visto ali apenas reforça a respostas dos espíritos. Inclusive, esse impressionante depoimento de uma ex-vegana.

O que tenho aprendido, no entanto, pode ser resumido da seguinte forma:

a)    A alimentação carnívora é necessária para manter boa saúde para a maioria das pessoas;

b)    Uma pequena fração dessas pessoas consegue ter boa saúde sem se alimentar de carne.

Logo, parece extremismo dizer que a alimentação carnívora seja necessária para TODO mundo e, igualmente, parece ser extremismo pensar que ela seja dispensável para TODO mundo. Os espíritos estavam certos.

Veja abaixo a opinião de Chico Xavier sobre o assunto:

 

Um comentário sobre “Comer carne é sinal de atraso espiritual?

Ao longo dos anos, percebemos que responder aos contraditores, quase sempre munidos de paixão pessoal, nos custava tempo e energia que poderiam ser aplicados em algo mais útil. Por essa razão, não respondemos ataques. Ofensas serão deletadas.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s