Experiências de quase morte: 30 anos de pesquisa – Parte 1

“Depois de mais de 30 anos de pesquisa, os cientistas concluíram que este não é o caso. Em lugar disso, eles acham que esse fenômeno é algo que a ciência de hoje ainda está para entender, e que é uma oportunidade para o avanço da ciência.

O fenômeno foi chamado de experiências de quase morte (EQMs) no livro de 1975 “Vida depois da vida”, de Raymond Moody, M.D. e Ph.D. em filosofia e psicologia. Geralmente, as EQM incluem experiências cognitivas, afetivas, paranormais e transcendentais.

Exemplos de EQMs incluem experimentar uma mudança na percepção e forma de pensar, sentir paz ou tranquilidade, ganhar percepção extrassensorial (PES), passar por uma revisão da própria vida, ver os efeitos das próprias ações sobre os outros, a sensação de deixar o corpo, ver pessoas mortas e outros seres, como anjos, e sentir como se entrando noutra dimensão”.

Continue lendo…

Ao longo dos anos, percebemos que responder aos contraditores, quase sempre munidos de paixão pessoal, nos custava tempo e energia que poderiam ser aplicados em algo mais útil. Por essa razão, não respondemos ataques. Ofensas serão deletadas.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s