Cem anos de espiritismo em Uberlândia

Em 1895, o casal Pedro e Maria Rita Schwindt, médiuns de muita sensibilidade, aqui aportam com o encargo espiritual de fundar o primeiro centro espírita desta cidade. Desde 1908, por meio do trabalho mediúnico de Francisco Pinto, ouvia-se falar sobre a intervenção dos espíritos em nossas vidas e atos. Ele orientava e “curava” muita gente  por meio do trabalho dos espíritos, auxiliando e amparando os necessitados em uma época de tão poucos recursos para uma comunidade nascente onde havia um só médico, o dr. Rafael Rinaldi. Em 1912, se instala na cidade Gustavo José da Silva, que se casa com dona Marília Vilela. O relacionamento estreito entre os casais Schwindt e Silva era devido ao fato de Marília ter apresentado problemas espirituais logo após o casamento. Então, Gustavo procurou recursos consultando os espíritos por meio da mediunidade de Maria Rita.

Continue lendo…

Ao longo dos anos, percebemos que responder aos contraditores, quase sempre munidos de paixão pessoal, nos custava tempo e energia que poderiam ser aplicados em algo mais útil. Por essa razão, não respondemos ataques. Ofensas serão deletadas.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s