Uma opinião sobre o passe…

passe01comespiritoParece aumentar, a cada dia, o número de pessoas que recorrem ao passe e a água fluidificada, à maneira de católicos em busca da benção do padre e da hóstia, respectivamente.

Tem-se deturpado, e muito, o significado de tais práticas, que assumem vez ou outra, caráter ritualístico semelhante ao benzimento dos antigos.

Desta forma, é preciso esclarecer que:

a)    O chamado “passe” nada mais é do que a magnetização, tratada por Kardec, herdada do Mesmerismo e adaptada ao Espiritismo à Brasileira;

b)    Não há razão para que se procure o passe todos os dias ou religiosamente todas as semanas;

c)    Grande parte das pessoas que procuram sistematicamente os grupos espíritas para receber o “passe” não tem o mínimo conhecimento de sua ação e eficácia;

d)    Vê-se imensas filas de pessoas esperando o passe e pouquíssimas pessoas nos estudos, algo deve estar errado;

e)    À falta de um conhecimento preciso sobre o assunto, deturpam seu significado e transformam a água fluidificada numa espécie de “água benta espírita”;

f)     Levam garrafinhas (e, às vezes, garrafões) para que a água seja ingerida durante a semana, como se fosse um remédio espiritual-homeopático;

g)    É ilusão, quando não placebo, pensar que receber o “passe” fará nosso dia melhor, nos protegerá de más influências, etc;

h)   São nossos pensamentos e atos que verdadeiramente formam barreiras;

i)     É preciso não ficar refém de práticas exteriores, em detrimento do recolhimento interior, na busca vã de soluções fáceis para nossos problemas, evitando, portanto, tornar-se um papa-passe*;

j)     É preciso que os centros se conscientizem que o estudo é o maior aliado das práticas espirituais e deixá-lo de lado em detrimento de um pretenso trabalho espiritual, é dar um tiro no próprio pé;

 Às pessoas que desejam se esclarecer, recomendamos a leitura de: O Livro dos Médiuns, Capítulo VIII – Ação Magnética Curadora.

* Papa-passe é uma gíria espírita que se utiliza para se referir as pessoas que buscam sistematicamente as casas espíritas em busca do “passe”.

Ao longo dos anos, percebemos que responder aos contraditores, quase sempre munidos de paixão pessoal, nos custava tempo e energia que poderiam ser aplicados em algo mais útil. Por essa razão, não respondemos ataques. Ofensas serão deletadas.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s