Visão espírita da homossexualidade

homossexualidade-pecado-bibliaMuitos iniciantes têm curiosidade sobre esse assunto e diversas vezes ouvi a pergunta: qual a visão espírita da homossexualidade? Sem me alongar, a resposta é simples: não há. A sexualidade humana não é objeto de estudo do Espiritismo. Você pode fazer uma busca nas obras de Allan Kardec, mas eu lhe asseguro: Não há uma vírgula sobre o assunto.

Pode parecer estranho, mas é simples assim. O Espiritismo não tem uma opinião sobre tudo, logo pode ser um pouco frustrante buscar “visões” espíritas por aí. No máximo, o que se encontra são opiniões, mais ou menos fundamentadas, mas que estão longe, todas elas, de ser uma genuína visão espírita.

Assim, tanto faz se o livro A ou B fala sobre o assunto. Tanto faz se o livro A ou B é de um grande expositor espírita ou se os livros foram psicografados por um grande espírito. Argumento de autoridade não funciona no Espiritismo: Tudo que escrevem sobre homossexualidade no Espiritismo, às vezes, travestida de verdade espiritual, é pura opinião pessoal.

O objeto de estudo do Espiritismo está bem definido na folha de rosto de O Livro dos Espíritos, de Allan Kardec: SOBRE A IMORTALIDADE DA ALMA, A NATUREZA DOS ESPÍRITOS E SUAS RELAÇÕES COM OS HOMENS, AS LEIS MORAIS, A VIDA PRESENTE, A VIDA FUTURA E O PORVIR DA HUMANIDADE. Tudo que escapar disso é, rigorosamente, apenas opinião pessoal.

Claro que estes assuntos tocam diversos outros e, por vezes, podemos fazer exames mais ou menos precisos de circunstâncias diversas da vida. Kardec mesmo explorou alguns assuntos que escapavam do âmbito do Espiritismo, sempre se esforçando por deixar claro tratar-se de uma opinião, coisa que, muitas vezes, os autores modernos não fazem, preferindo revestir sua opinião de “opinião espírita”, dando mais valor do que de fato possui.

Contudo, é preciso lembrar: Até 1990, a OMS classificava a homossexualidade como doença mental! Não é sem razão que diversos autores espíritas anteriores a esse período tratavam do assunto como “desequilíbrio”, onde surgiam hipóteses estranhas, desde associar homossexualidade à obsessão ou dizer que os homossexuais são espíritos que permaneceram grande período de tempo no sexo oposto ao atual, etc…

Desta forma, se você quer entender a homossexualidade, busque a ciência. O Espiritismo não tem muito a contribuir neste campo que, como vimos, escapa completamente da sua alçada e, geralmente, quando algum espírita se atreve a entrar nesses campos, produz apenas confusão.

 

 

4 comentários sobre “Visão espírita da homossexualidade

  1. Como eu já vi muita gente heterossexual que depois que começou a “incorporar” entidades como “pomba-gira” e as diversas “marias fulanas”, entre outras, e depois de um certo tempo começaram a adotar comportamentos homossexuais, então acredito (e muito) que esses espíritos imundos são grandes responsáveis a inúmeros (e não todos, claro) casos de homossexualismo.

    • Eu não costumo aprovar comentários dessa natureza… Mas, creio que vale a pena uma resposta aos leitores do futuro que correrão seus olhos por aqui: Você está tremendamente equivocado! Primeiro, que espíritos não são imundos; segundo, que espírito nenhum tem poder de afetar a sexualidade de alguém. O que ocorre é que, após incorporar uma pombagira, quase todos os homens percebem como é tolo o preconceito com o feminino e se tinham tendências homossexuais, apenas permitem que ela se aflore… Não foi a entidade, foi ele próprio!

      • No seu comentário, voce deixa implicitamente a mensagem que é gay ou que aprova o homossexualismo.Por outro lado, existem sim espíritos que se comportam como se fossem imundos .Ou Hitler , preso em uma prisão espiritual, é um espírito de luz ?No plano reencarnatorio, existe todo um preparo para o espírito que vai reencarnar , sendo homem ou mulher e ai este espírito , tende para o lado homossexual e Põe tudo a perder .Tambem esta certo isto ? Ninguem se preocupa com isto ?

        • Rafael, novamente, peço que modere seu palavreado. Veja os comentários no blog, ninguém está sendo rude como você. Então, fica o aviso ou ache outro blog para despejar suas frustrações, ok?

          Eu não sou gay. Sou Hetero, casado e feliz. Segundo, não existe homossexualismo, por que homossexualidade é uma condição natural da sexualidade humana (eu sou psicólogo). O meu comentário sobre espíritos imundos se deveu a sua inferência sobre às pombagiras, o que repito, é um ledo engano… Eu conheço médiuns gays e mesmo travestis e nunca vi um espírito sequer repreendê-los ou a dizer que ser homossexual fosse ruim ou pusesse a perder a encarnação… Pelo contrário, eles sempre falam de equilíbrio, bondade e exercício das virtudes…

          Agora, por que esta questão te incomoda tanto? Será que você não está em paz com a sua sexualidade? Pensa nisso…

Ao longo dos anos, percebemos que responder aos contraditores, quase sempre munidos de paixão pessoal, nos custava tempo e energia que poderiam ser aplicados em algo mais útil. Por essa razão, não respondemos ataques. Ofensas serão deletadas.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s